Newsletter x SPAM

Imagem: Mary Pahlke/Pixabay

Imagem: Mary Pahlke/Pixabay

Anos 90. Foi nessa época que a internet começou a se popularizar e se tornou mais acessível às pessoas. Em meio a tudo isso, o e-mail marketing começou a aparecer como uma forma eficiente de prospecção a novos clientes com mensagens que eram enviadas de maneira massiva, constante e aleatória.

Entretanto, o excesso dessas mensagens, fez com que os produtores de conteúdo começassem a criar novas estratégias de comunicação e o foco mudou. Para que as mensagens não se tornassem SPAM, se tornou necessário construir um bom relacionamento com cada cliente, através do uso de informações relevantes, conteúdo interessante e descontos exclusivos.

A diferença crucial entre uma newsletter e um SPAM é que na primeira, os clientes escolhem receber esse boletim de notícias, enquanto no segundo os e-mails são enviados para muitas pessoas que não o solicitaram. A tarefa dos criadores de conteúdo é justamente manter a audiência interessada e promover a interação com seus meios de comunicação.

Uma newsletter de sucesso deve ter criatividade no título de chamada, texto e arte coerentes e ser enviada com frequência e constância, seja ela semanal, quinzenal ou mensal. Também é necessário conhecer bem o seu público, para manter ele interessado e não errar na escolha do conteúdo do e-mail.

Quer fazer uma newsletter eficiente? Entre em contato com a gente e solicite um orçamento.