Midias sociais on-line – Teleconferência SENAC 2010

midias-sociais2

A Teleconferência “Mídias Sociais” realizada no auditorio do SENAC em Recife no dia 21 de abril discutiu as possibilidades de utilização das redes sociais, como Orkut, blogs e Twitter pelas empresas e pelas instituições de educação.

O tema foi debatido por Gustavo Gindre, do Coletivo Intervozes, e Vitor Guerra, da Agência Ideia S/A.

Ao iniciar o debate os conferencistas discorreram sobre os conceitos de “redes sociais” e “mídias sociais”.

Resumidamente: quando as redes sociais (agrupamento de pessoas) se utilizaram de meios (mídias) para propagar sua opinião ou conteúdo próprio então estas redes se tornam espaços de mídia social. O conceito de rede social em minha opinião foi muito simplificado, mas como o tempo era pequeno… Tudo bem.

Segundo falaram sobre a utilização de ferramentas colaborativas para o ensino, mas deram poucos exemplos como, por exemplo, a Wikipédia e a leitura de livros de forma colaborativa.

O conferencista Vitor Guerra falou da importância das empresas entenderem como se comunicar dentro das redes sociais on-line. É preciso definir uma estratégia de branded content: produzir conteúdo relevante e atrativo para o seu público.

Muitas empresas optam por produzir conteúdo relacionado a seu segmento de atuação de forma que ela passe a ser vista como uma referência no mercado. Apenas de maneira indireta e pontual a empresa deve expor sua marca ou falar de si mesmo.

Atenção: Não adianta entrar na mídia social se você não vai ter tempo para alimentar um blog ou se comunicar nesta área.

Não adianta ter apenas um estagiário para cuidar de sua imagem e alimentar seu blog, você tem que publicar conteúdo bem pensado, tem que monitorar e saber se relacionar e idealizar uma estratégias que criem uma verdadeira comunidade em trono de sua marca.

É importante mapear os formadores de opinião (chamados alfas), ou seja, aqueles que produzem conteúdo para esse público e tentar entrar em contato com ele e muni-lo de informações quanto a sua empresa e seu conteúdo.

No geral achei a conferência muito interessante para informar as pessoas que ainda não estavam atentas para as diversas novidades relacionadas às mídias sociais e seus usos. Mas para quem já trabalha na área não foi muito relevante porque a temática foi discutida de maneira muito superficial e conceitual.